Neste ano, o mundo todo enfrenta um inimigo invisível, para o qual não estávamos preparados. Em meio às novas situações causadas pela pandemia do Covid-19, que produziu crise em diversos setores de nossa sociedade, existem aqueles que não podem parar.

O setor hospitalar está mais ativo do que nunca. São pessoas que permanecem firmes e sempre dispostas a realizar seu trabalho da melhor maneira possível para atender à população. E com a grande demanda que toma conta do sistema de saúde, a sociedade precisa se unir em torno de um só propósito. As doações, sempre tão necessárias para os estabelecimentos hospitalares, agora se tornam indispensáveis.

Foi buscando contribuir com o combate à situação delicada que enfrentamos que o Instituto IBGPEX, braço social da Uninter, organizou uma ação de doação de máscaras. Ao todo, 100 máscaras faciais para uso no combate a transmissibilidade do Covid-19 foram entregues à Maternidade Mater Dei, em Curitiba (PR).

Filiada ao Grupo Hospitalar Nossa Senhora das Graças, a maternidade, que atende em sua totalidade pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), é a primeira em número de partos no estado do Paraná. A Mater Dei realiza em média 350 nascimentos por mês e conta também com o programa Quero Colo, que atende adolescentes grávidas e oferece, além de todo atendimento à saúde da gestante, atendimento psicológico.

A Irmã Iracema Vujanski, diretora geral da maternidade, esclarece que as máscaras foram entregues para os colaboradores dos setores administrativo, nutrição e de apoio. “Estamos muito agradecidos. Os médicos e cirurgiões precisam usar máscaras próprias, mas para o pessoal do administrativo essas máscaras vão servir muito bem. Eles poderão usá-las durante o trabalho e principalmente durante o deslocamento até a maternidade”, afirmou.

As máscaras doadas pelo IBGPEX foram produzidas pelo projeto Voluntárias Fazendo Renda, do qual participam mulheres que fizeram a capacitação do programa Fazendo Renda. Através deste programa, o instituto possibilita que mulheres a partir de 18 anos, preferencialmente em situação de vulnerabilidade social, aprendam a confeccionar bolsas, roupas e acessórios de forma a gerar renda e promover a melhoria de sua condição social.

A diretora do IBGPEX, Adenir Fonseca dos Santos, explica que as máscaras para doação foram feitas a partir da reciclagem têxtil do material que as voluntárias utilizam em suas produções.

Ela ainda esclarece como foi feito o transporte desse material, tomando os devidos cuidados para minimizar o contato: “Organizamos um sistema de coleta, no qual um motorista da Uber passou recolhendo as máscaras nas casas das voluntárias e realizou a entrega do material na maternidade”.

O Instituto IBGPEX já havia realizado outras ações em parceria com a maternidade, produzindo enxovais de bebês, lençóis e camisolas. A Mater Dei está sempre precisando de ajuda da comunidade e promovendo campanhas de arrecadação. Caso queria ajudar, acesse o site.

Autor: Bárbara Possiede – Estagiária de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Arquivo IBGPEX

https://www.uninter.com/…/ibgpex-doa-mascaras-a-colaborador…